Fim do Suporte Windows 7 e Windows Server 2008

 

Eis que chega o fim de mais um ciclo da de sistemas operacionais da Microsoft. Previamente anunciado pela fabricante nós temos o final do suporte de 2 dos sistemas operacionais que a Microsoft vem mantendo por longos 10 anos. Lançado em 2019 tanto o Windows 7 como o Windows Server 2008 tiveram são foram muito utilizados em cada um dos nichos em que eles atendem. Entretanto, para que a Microsoft consiga manter os esforços em seus novos produtos e assim garantir uma maior qualidade nos seus sistemais operacionais atuais, chega o momento em que ela tem de para de lançar atualizações de segurança tanto para o Windows 7 como para o Windows Server 2008. Sendo assim a partir de amanha, 14 de Janeiro de 2020 é oficialmente descontinuado o suporte a esses 2 sistemas.

Post oficial da aqui.

É válido lembrar também que a Microsoft anunciou em março através do seu blog, que os dispositivos que estejam rodando qualquer uma das versões de Windows 7 receberam algumas notificações. Sendo assim, caso vocês ainda esteja utilizando esse sistema operacional bem provável que você tenha visto esse banner:

 

Mas e agora, o que faço?

Pra quem acompanha meu trabalho e meu blog sabe que o conteúdo escrito aqui não é para pessoas leigas a tecnologia ou para usuários finais, sendo assiim, esse post é direcionado única e exclusivamente aos profissionais de TI que trabalham com infraestrutura e sysadmins num geral e caso você seja um leitar daqui que ainda tenha rodando alguns desses sistemas rodando eu um parque computacional que você administre, pare tudo agora mesmo para realizar a atualização de cada um deles.

Sabemos que por muito tempo o Windows 7 foi o sistema operacional mais utilizado dentro do market share da Microsoft, porém atualmente esse cargo já pertence ao Windows 10. Entretanto isso não quer dizer que o Windows 7 não é mais utilizado nos destkops e workstations por ai a fora.

Como podemos ver aqui, a StatCounter GlobalStats contabilizou que o windows 7 ainda roda em quase 30% dos computadores mundo a fora.

 

Source: StatCounter Global Stats – Windows Version Market Share


Dessa forma volto a dizer, caso você ainda tenha um Windows 7 rodando dentro de uma rede de computadores que você administre, concentre seus esforços para fazer esse update o quanto antes.

 

E o Windows Server?

Agora falando do sistema operacional Windows Server, antes de começar a falar os motivos do porque você deve atualizar o seus servidor ontem o quanto antes, nós devemos primeiro entender como funciona o lifecyle, ou seja, o ciclo de vida dos produto Windows Server, mas especificamente o Windows Server 2008 e o Windows Server 2008 R2.

 

 

Como podemos ver na imagem acima.  A primeira coisa que acontece após o lançamento de um produto da família Windows Server é que nos primeiros 5 anos, não só atualizações de de segurança e funcionalidades são lançadas, mas também novas funções pode vir a ser liberadas dentro desse produto já em vigor no mercado. Depois disso, nós próximos 5 anos a Microsoft não lança nenhuma outra função do produto corrente e apenas mantem as atualizações se segurança e recurso de todas as features que compõe o Windows Server em si.

O que quero dizer com isso? Quero destacar que você ainda não migrou o seu Windows Server 2008, isso quer dizer que você já está com ele a praticamente 10 anos. Além disso, caso você ache que ainda não é necessário ou acha que muito trabalho passar por uma migração, sinto te informar que você está  completamente ultrapassado para o mercado de trabalho de TI atual.

 

Atualizar é ruim, atualizar produtos antigos é pior

Eu não vou ser hipócrita a o ponto de falar que eu adoro migrações e atualização de produtos. Entretanto deixar um produto se tornar praticamente legado para só depois se preocupar com migrações é o modo mais dolorido que você fazer uma atualização. Afinal de contas, o que você acha que é mais fácil, migrar um windows server 2012R2 ou 2016 para um Windows Server 2019 ou migrar o velho de guerra Windows Server 2008. Atualize-se constamente, na medida do seu budget e do seu nível de licenciamento.

 

Atualização x Migração

Porém, dentro desse cenário de update e upgrades, devemos lembras dessas duas palavrinhas. Atualização e migração. Atualização é o que aconteceu com o Windows 7 que era possível atualizar diretamente pela interface o sistema operacional para o Windows 10 através do Windows update. É o que chamamos também atualização in-loco, afinal de contas não é necessário uma instalação limpa do SO.

Já a migração envolve mover todas as configurações do do sistema operacional para uma nova instalação  o hardware física ou até mesmo para uma nova máquina virtual (VM).

Caso o hardware seja físico é extremamente recomendável que você verifique se o o seu hardware comporta a nova versão do SO. Isso vale também para o Windows 7.

 

Mateus Wolff

Meu nome é Mateus Wolff e trabalho com TI desde de 2009. Sempre gostei de tecnologia num geral, mas me identifiquei na área no momento em que vi a importância de uma boa infraestrutura nas corporações. Me considero um generalista. Atuo de forma holística trabalhando em ambientes de TI de ponta a ponta. De redes a virtualização, de servidores a firewall’s. Tenho as certificações ITIL e Cloud Computing. Estou estudando graduação em redes de computadores. Sou apaixonado por heavy metal e adoro gatos e tatuagens.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *