VMware vSphere 7

Na semana passada, mais precisamente no dia 10 de março, a VMware fez o anuncio oficial do seu próximo lançamento, o tão esperado vSphere 7. Para ver o post original é só clicar aqui.

Eu utilizo o hypervisor deste a versão 5.5 e desde lá se passaram 7 longos anos. Muita coisa mudou de lá para cá e, pra quem ainda esta acostumado de como é feito os lançamentos da VMware referente ao vSphere, eu vou deixar aqui uma especie de timeline de cada release. O que podemos ver é que o período médio entre os lançamentos de cada versão do vSphere é de 2 anos. E para versão 7, não foi diferente.

O que vem por ai?

Como pode ver no post oficial da VMware, temos algumas features interessantes que vou destacar conforme vou avançando aqui. Além disso também podemos ver que temos uma nova logo referente ao vSphere.

vSphere Logo 2020.

Novos valors para o Configuration Maximums

A cada versão do vSphere que é lançada, sabemos que a VMware a aprimora as configurações  máximas permitidas. Dentro da vCommunity nós chamamos isso de Configuration Maximuns. E o vSphere 7 não foi exceção, já que a VMware aumentou ainda mais os recursos, isso tudo para poder fornecer um poder computacional ainda maior, já que o hardware dos principais fabricantes do mercado, também aumentando a cada ano. Agora é possível ter 2.500 hosts por vCenter e até 30.000 VMs no ambiente como um todo. A latência suportada entre os vCenters também foi aprimorada. Abaixo você pode ver os principais limites mas caso queria ver a lista completa clique aqui.

 

Perfis do vCenter

Essa nova feature vai nos permitir ter uma única configuração em diversos servidores vCenter, o que é comum em ambientes de grande porte como data centers, já que nesse tipo de cenário é muito possível você ter 2 ou mais sites separados em 1 ou mais data centers ou até mesmo em um DC primário e um DC secundário no caso de um DR (disaster recover). Afinal de contas queremos que todos esses data centers tenham o mesmo estado de configuração.

Sendo assim o vSphere 7 nos permite exportar a configuração do vCenter em um formato .json e enviá-lo para os demais vCenters diferentes que tenhamos em nosso ambiente de TI.

Em função disso temos 4 diferentes tipos de ações a serem tomadas referente aos perfis:

 

Sendo assim os perfis do vCenter  vão ser encarregados de exportar a configuração com todos os parâmetros e configurações de rede e podemos usar as API mostradas acima para importar esses perfis em um servidor vCenter diferente, seja ele na mesma rede ou em redes diferentes.

Por último teremos a configuração de válido ou inválido para a importação das configurações. Em caso positivo, toda a configuração de um vCenter é levado até o novo vCenter.

vCenter Server 7 Upgrade

Já sabemos há algum tempo que o PSC (Platform Services Controller) externo está sendo descontinuado. No vCenter 7 já não temos ele mais disponível.

O mais legal é que o processo de atualização oferece a convergência de PSC’s externos em um incorporado (embedded), tornando todo o processo muito mais simples. Como era esperado, a ferramenta vCenter Server Converge não está mais disponível na ISO.

Segurança e Controle

A segurança é sempre um ponto importante a ser destacado em um data center, seja ele on premise ou na nuvem. Como o novo vSphere 7 é possível ter uma proteção abrangente e orientado por políticas, já que ele introduz o vSphere Trust Authority. Além disso, ele pode fornecer autenticação segura do vCenter usando a federação de identidade externa. Agora o vSphere também suporta as extensões Intel Software Guard para permitir extensões SGX para aplicativos do usuário.

Gerenciamento do Ciclo de Vida Simplificado

É sabido que um dos maiores clientes da VMware são provedores de serviço em nuvem, visto que é muito comum termos um ambiente de data center inteiro baseado em tecnologias da VMware. Afinal de contas dezenas ou até mesmo centenas de hosts ESXi são facilmente gerenciados pelo vCenter. Porém para quem vende serviços em nuvem é essencial garantir o ciclo de vida  do serviços de TI sejam eles software ou hardware. Para isso o vSphere 7 trás a próxima geração do vSphere Lifecycle Manager e Update Planner. Ele permite gerenciar perfeitamente o ciclo de vida da infraestrutura de TI de maneira automatizada e simplificada.

Desempenho e Resiliência para Aceleração de Aplicativos

O vSphere sempre foi ótimo ao executar grandes cargas de trabalho críticas para as empresas e, com o vSphere 7, é dado continuidade na inovação nessa área. Agora você pode hospedar grandes cargas de trabalho com um DRS (Distributed Resource Scheduler) aprimorado que adota uma abordagem centrada na carga de trabalho usando a pontuação de DRS da VM (virtual machine) para hosts como a métrica para decidir posicionamentos e manter as VMs com um desempenho satisfatório, em vez de se concentrar apenas no balanceamento no nível de cluster. O vSphere 7 também oferece desempenho aprimorado dos aplicativos no hardware suportado com o vSphere Persistent Memory, fornecendo aos aplicativos acesso ao armazenamento a um custo menor. Além disso, também foi atualizado o vMotion para melhorar o desempenho.

E Isso Tudo é Apenas o Começo

Todas as features listadas acima são apenas as que eu considerei importante a se destacar, ainda existem várias outras. Nesse link podemos ver alguns posts de outros bloggers que a própria VMware destacou dentro da vCommunity.

O vSphere 7 foi apenas anunciado, isso quer dizer que ele ainda não esta disponível para download dentro do portal da VMware.

Como alguns de vocês sabem eu entrei no programa vExpert de 2020 e caso eu tenha acesso antecipado do vSphere 7 trarei novidade para vocês assim que possível.

Mateus Wolff

Meu nome é Mateus Wolff e trabalho com TI desde de 2009. Sempre gostei de tecnologia num geral, mas me identifiquei na área no momento em que vi a importância de uma boa infraestrutura nas corporações. Me considero um generalista. Atuo de forma holística trabalhando em ambientes de TI de ponta a ponta. De redes a virtualização, de servidores a firewall’s. Tenho as certificações ITIL e Cloud Computing. Estou estudando graduação em redes de computadores. Sou apaixonado por heavy metal e adoro gatos e tatuagens.

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Каким способом это возможно осуществить?!
    – Профессиональный опыт нашей компании – более десяти лет.
    – Конфиденциальная технология.
    – Наращивание большой ссылочной массы вирусными и порно ссылками.
    – Все поисковики мгновенно реагируют на наши технологии.
    – Все размещенные тексты с интернет сайта спамятся, что сразу делает их неуникальными.
    – У нас огромные возможности и опыт в этой деятельности.

    Стоимость $50
    Полная отчётность.
    Оплата: Киви, Yandex.Money, Bitcoin, Visa, MasterCard…
    Телега: @xrumerpro
    электронка: [email protected]

  2. IrinaOlegovna disse:

    Приветствуем вас!
    Готовы выполнить лучшие “смертельные” прогоны для веб-сайтов вашего конкурента. Цена: от 2000 р.
    – Гарантированный эффект. Онлайн-сайты конкурентов “упадут”.
    – Максимальное число негативных фитбеков.
    – Наша особая база – выжимка самых “убийственных” площадок из 10 млн. ресурсов (вирусных, спамных, порно и тому подобных). Действует бесперебойно.
    – Прогон проводим одновременно с четырех мощных серверов.
    – Непрерывный спам активационных ссылок на официальный e-mail.
    – Выполнение в течение 40-240 часов круглые сутки. Можем растянуть сколько угодно по времени.
    – Прогон с запретными ключами.
    – При двух заказах – отличные бонусы.

    Цена 4000py.
    Полная отчётность.
    Оплата: Киви, Yandex.Money, Bitcoin, Visa, MasterCard…
    Телегрм: @exrumer
    Whatssap: +7(906)53121-55
    Viber: +7(977)52-554-62
    Skype: XRumer.pro
    маил: [email protected]

  3. Excelente post Mateus!
    Acho que foi o primeiro em PT-BR!
    Mandou bem no resumo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *