3 habilidades para ser um bom DBA

O administrador de banco de dados, também chamados de DBA, é o profissional responsável por gerenciar e monitorar um banco de dados ou sistemas de bancos de dados, se você não sabe o que é um DBA clique no link. E existem muitas lições que podem transformar um DBA mediano em um bom DBA.

O que um DBA precisa para ser um bom DBA?

Neste artigo, vamos listar 3 habilidades super importantes que foram ensinadas por mentores do assunto e que, com certeza, vão te ajudar a ser um DBA incrível.

Mas, antes vamos fazer a seguinte reflexão: imagine que você está trabalhando como DBA há muitos anos, que tipo de DBA você seria?

A resposta só tem 2 vertentes, são elas:

  1. Você é sempre o primeiro a chegar e o último a sair do escritório; e trabalha 10 horas por dia, com medo do seu banco de dados quebrar.
  2. Você está sempre atento e feliz durante o horário de trabalho; e costuma ser confiante e experiente, próspero para novos desafios.

Adivinhe qual das alternativas deveria ser a sua resposta… Sim, é a afirmação # 2!

Vamos listar, então, as 3 habilidades para você se tornar um bom DBA, confiante e próspero, como dito na afirmação 2.

  1. Aprender,
  2. Planejar e
  3. Documentar.

As regras são essas! Mas vamos especificar cada uma para que não fiquem dúvidas.

1-Aprender

Um dos mentores do assunto afirma que não importa o quão ocupado você esteja: é preciso se dedicar entre 15 e 30 minutos diariamente para se atualizar sobre à sua profissão.

Como fazer isso? Não importa! Pode ser com a leitura de um artigo de um blog – como você está fazendo agora. Ou pode ser folheando algumas páginas de um livro sobre Oracle, como o livro de Christian Antognini (Troubleshooting Oracle Performance) ou o de Cary Millsap (Otimizando o Desempenho da Oracle).

Ser um DBA exige que você mantenha suas habilidades atualizadas. Aliás, imaginem só a quantidade de novas habilidades que vocês podem aprender com as atuais tecnologias: Oracle 12c, Hadoop, SQL Server 2016, Unix, Oracle Golden Gate…

A lista nunca termina. E a aprendizagem nunca para.

2-Planejar

É importante planejar qualquer tipo de implantação seja um script simples, um controle de alterações mais complicado ou um upgrade de banco de dados / aplicativo.

Para planejar melhor qualquer tipo de alteração, você precisa ter um bom nível de compreensão de como os aplicativos funcionam e se conectam ao banco de dados, de como o servidor e o sistema de armazenamento trabalham e a relação deles com o banco de dados.

Quando você entender como tudo está relacionado, chegar a um plano fica muito fácil.

O planejamento fará de você um profissional proativo, em vez de estar sempre em um estado reativo aos problemas. Um planejamento adequado também assegurará a implantação bem-sucedida.

3-Documentar

É surpreendente quando sites de bancos de dados não tem a mínima documentação. Segundos alguns professores, existem 2 principais categorias para a documentação:

Categoria 1: A documentação das tarefas simples e diárias, ou seja, aquelas que você deve ter sempre anotada em um papel. São elas:

  • Alterar senhas
  • Criar usuários
  • Extensão de arquivos de dados
  • Corrigir erros de backup, entre outras.

Para cada problema em que você trabalha, documente a solução. Ponha em um pedaço de papel ou use um bloco de notas digital, se você tiver aptidão.

Trate cada tarefa, como se fosse auditada. Sempre se pergunte qual seria sua resposta se o seu trabalho tivesse que ser explicado. Vamos listar alguns exemplos para cada trabalho que você vai executar.

Antes de estender o arquivo de dados: nome do arquivo, tamanho e tamanho máximo, incremento, espaço disponível no disco.

Estender o arquivo de dados: as instruções que eu segui.

Depois de estender o arquivo de dados: nome do arquivo, tamanho e tamanho máximo, incremento, espaço disponível no disco.

Categoria 2: A documentação do seu banco de dados, o qual podemos chamar de “Manual do DBA”.

Esse manual deve incluir todas as informações necessárias para executar e administrar os seus bancos de dados. O manual é uma documentação viva, que deve respirar constantemente com as mudanças de seu local. Você precisa manter o manual com as alterações que ocorrem.

Em resumo: você sempre deve adicionar documentos ao seu manual ao encontrar coisas novas.

O que seu manual incluirá?

  • Diagramas de banco de dados e servidor,
  • Procedimentos de backup e restauração,
  • Procedimentos de encerramento / inicialização de bancos de dados e qualquer aplicativo,
  • Procedimentos de gerenciamento de usuários,
  • Segurança de banco de dados,
  • Instruções on call,
  • Erros e correções comuns,
  • Problemas de desempenho e correções.

Saiba que ter uma boa documentação vai fazer você estar sempre confiante e pronto para enfrentar qualquer problema!

Finalizando: lembre-se das 3 coisas importantes para se tornar um DBA IMPRESSIONANTE: Aprender, Planejar e Documentar.

Gostou do artigo? Que tal compartilhar ele com os seus amigos? Se você tiver qualquer dúvida ou algo a acrescentar deixe um comentário! A sua contribuição faz com que o nosso projeto cresça e nossa mensagem possa chegar para mais pessoas!

Agora eu te convido para conhecer um artigo que eu escrevi no meu portal o aprendaplsql.com que é: O que SQL, ele ficou bem legal direto e claro e acredito que você vai gostar.

Similar Articles

3 habilidades para ser um... O administrador de banco de dados, também chamados de DBA, é o profissional responsável por gerenciar e monitorar um banco de dados ou sistemas de bancos de
Qual a importância de um... No artigo de hoje vou falar sobre a importância de um banco de dados para a empresa, mas antes de falar da importância, vamos definir o termo:
Catálogo de Serviços: C... Desenvolva um Catálogo de Serviços Vamos fazer uma analogia. Imagine um restaurante que oferece aos seus clientes diversos pratos, lanches e sobremesas diferentes. Além disso tem a carta
Gerenciamento de Problema... No mundo da TI todos nós já tivemos algum incidente ou problema relacionado aos diversos recursos computacionais que utilizamos em nosso dia a dia. Um erro ao enviar
A importância da Documen... Muitos profissionais da área técnica tendem a se preocupar apenas com a parte de colocar a “mão na massa” no que tange os seus afazeres de rotina.
A História do Windows Se... Estamos em 2016 já começando a ouvir falar da nova versão do Windows Serve 2016, porem a versão que ainda está mais em pauta é a sua
Diferença entre Incident... Quando falamos em gerenciamento de suporte, muito se houve falar sobre o que a grande maioria conhece como chamado. Entretanto outros já irão reconhecer o termo como solicitação, reivindicação, requerimento e por
Certificações Sabemos que a área de TI é cercada de certificações. Mas por onde inciar?! Area técnica, gestão, governança? As opções são tantas que as vezes fica difícil
O que é ITIL? Em algum momento você já deve ter passado por isso: Você precisa usufruir de algum serviço que é disponibilizado por meios computacionais e, por algum motivo qualquer,
A importância do HTTPS   Todos nós estamos acostumados a acessar diversos sites todos os dias seja por lazer, trabalho ou apenas pra nos mantermos atualizados das noticias do dia a

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *