O que é SDN e como essa arquitetura de rede funciona

 

História

O termo SDN (Software Defined Network) é um termo utilizado para referenciar um novo conceito de gerenciamento  de rede computadores, hardware e infraestrutura de TI num geral. Traduzindo para o português seria algo como rede baseada em software. Embora esse conceito seja novo para muitos, o termo começou a surgir em 2005 através de um estudante de PhD da Universidade de Stanford chamado Martin Casado.

Para entender o como a SDN funciona antes nós devemos lembrar como o modelo tradicional de redes de computadores funciona. Em todos os equipamentos nós temos 2 termos conhecidos como data plane (plano de dados) e control plane (plano de controle). Isso quer dizer que em qualquer um dos dispositivos  sejam eles firewalls, roteadores, switchs ou ponto de acesso sem fio, esses dois planos estão embarcados dentro do firmware de cada um desses equipamentos de maneira unificada.

Com o conceito de SDN que Martin começou a desenvolver foi possível desmembrar esses o plano de dados e o plano de controle em lugares distintos. Dessa forma foi possível ter a gerência (control plane) de todos os dispositivos  em um único lugar e a operação (data plane) separada funcionando em cada um dos respectivos equipamentos da rede.

Conceito

A rede baseada em software quebrou o modelo de gestão de redes que conhecíamos até então. Para realizar o gerenciamento de uma rede tradicional digamos assim, nós sempre precisamos conectar individualmente em cada um dos ativos de rede, sejam eles roteadores, switchs, access point ou qualquer outro tipo de equipamento. É o que conhecemos também como gerenciamento standalone. Isso quer dizer que para fazer a configuração de 3 switchs em um rede local eu tenho que conectar individualmente em cada um desses equipamentos e realizar a mesma configuração em cada um deles.

Já com o modelo de SDN tudo se resume a um único programa controlador do qual ele é o responsável por gerir todos os equipamentos, sejam eles 10, 100 ou 1000 ativos de redes. Imaginem um cenário em que vocês possuem 25 pontos de acesso sem fio e vocês gostariam apenas de alterar a senha da SSID. No modelo de gerenciamento tradicional standalone seria preciso conectar AP por AP e realizar a troca da senha de maneira isolada em cada um dos equipamentos. Já no modelo de SDN é preciso apenas trocar a senha no software responsável como controlador de rede e ele faria a replicação da nova senha para os 25 access points da rede.

O futuro da SDN

Devido as facilidades que uma rede definida por software trás, diversos fabricantes começaram a adotar o conceito de SDN em suas soluções. Abaixo temos alguns dos principais vendors que possuem algum tipo de tecnologia voltada para SDN:

 CISCO

 JUNIPER NETWORKS

 ALCATEL-LUCENT

 LUMINA NETWORKS

 HPE

 UBIQUITI NETWORKS

Como vocês podem ver nós temos basicamente todos os grande fabricantes de redes convergindo o seu modelo tradicional de redes de computadores para o mercado de SDN. Arrisco a dizer que essa tecnologia será uma das coisas que mais vai revolucionar o mercado de redes e telecomunicações no mundo nos próximos anos.

Mateus Wolff

Meu nome é Mateus Wolff e trabalho com TI desde de 2009. Sempre gostei de tecnologia num geral, mas me identifiquei na área no momento em que vi a importância de uma boa infraestrutura nas corporações. Me considero um generalista. Atuo de forma holística trabalhando em ambientes de TI de ponta a ponta. De redes a virtualização, de servidores a firewall’s. Tenho as certificações ITIL e Cloud Computing. Estou estudando graduação em redes de computadores. Sou apaixonado por heavy metal e adoro gatos e tatuagens.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *